UNIDADE DIGITAL

Sentido da Vida - Gratidão por Fausto Ferreira

O sentido da vida

04 Janeiro, 2021

Sou grato por tudo o que me fez chegar até hoje aos meus 69 para 70 anos, nesse final de 2020.
Meus pais, pelo amor eterno, dedicação, cuidado comigo, o que me ensinaram, o que passaram de suas
crenças e valores;
Meus irmãos, com quem aprendi, aprendo e me deram o sentido de união;
Toda a minha família, tios, primos, sobrinhos e sobrinhos-netos, pelo entendimento das relações
familiares;
A professora que me alfabetizou e a todos os professores com que aprendi e aprendo até hoje;
Aos colegas dos cursos primário, ginasial, técnico, faculdade, pós-graduação, pelas amizades e socialização,
discussões, entendimentos, erros, julgamentos, feedbacks e aprendizagem;
Ao meu drive forte, dinamismo, foco e vontade de aprender e transpor os limites de minha cidade natal;
As pessoas que me incentivaram, desafiaram, criticaram e me acolheram;
Aos amigos, poucos, com quem mantenho uma amizade sincera e de disponibilidade recíproca;
Aos inimigos, creio poucos, com quem aprendi a negar o mal e a me afastar;
As empresas nas quais trabalhei como empregado e aquelas que foram e são meus clientes;
Aos executivos que foram e são meus clientes.
Aos colegas que tive, pelo olhar diferente das realidades, que me fizeram crescer;
Aos meus parceiros atuais da Inova Business School, seus professores e alunos que já participaram do
processo de coaching de carreira comigo;
Aos meus terapeutas, com quem aprendi a ser um humano melhor;
A tudo que eu consegui materialmente, fruto de meu trabalho, coisas fundamentais;
Ao essencial conquistado, viagens, trocas de experiências culturais, estudos, conhecimento, felicidades e
prazeres;
Ao sentido da minha vida, encontrado em minha jornada - " Trabalhar como Coach, porque acredito na
possibilidade de desenvolvimento das pessoas, em qualquer estágio de vida em que se encontram e pela
aprendizagem, que me torna uma pessoa melhor. "
Aos problemas com os quais me defrontei, superei e me propiciaram aprendizagem;
À essa pandemia, extremamente doída para mim e para a humanidade, mesmo sem ter sido contaminado,
que nos deixa esse gosto amargo e que nos derruba e que está trazendo também muita aprendizagem;
As pessoas que fizeram parte de meu relacionamento amoroso, com quem aprendi, sofri e fiz sofrer e
continuei aprendendo;
A Deus, pela vida.