Dez dicas práticas para um mundo pós COVID-19

Notícia

01 Junho, 2020

A pandemia do COVID-19 afetou mercados, negócios, empresas e, consequentemente, a vida de todos. E, para conseguir lidar com todas as incertezas e desafios que estão por vir, os especialistas Luis Rasquilha, da Inova Consulting, e Marcelo Veras, da Inova Business School, lançaram um resumo que orienta para uma atuação na evolução e preparação para o futuro. Dividido em três públicos - empresas, gestores e profissionais, o documento traz dez dicas práticas para empresas, gestores e profissionais sobre a forma de atuar no mundo pós COVID-19. São elas:


Dicas focadas em empresas

#1. A Nova Jornada do Cliente

Como o comportamento mudou, por imposição das regras de isolamento, tudo o que as empresas sabiam sobre seus clientes deverá ser revisto e atualizado. Portanto, a primeira dica para as empresa é: "Atualize, assim que a crise passar, a  jornada do seu cliente".

#2. A 2ª Onda da Transformação Digital

De acordo com o documento, o momento imposto de reclusão despertou a necessidade das empresas serem mais digitais e perfeitamente alinhadas com a 4ª Revolução Industrial. O regresso pós COVID-19 transformará reuniões, apresentações, debates, aulas etc em formato digital. A segunda dica trata-se, então de: "Se não começou, não espere mais para começar a transformação digital".

#3. A Agenda de Futuro e Tendências

Rasquilha e Veras afirmam que a abordagem ‘’TrendsInnovation’’ têm, ao longo da última década, assumido um papel importante na gestão, pela sua capacidade de mapear, identificar e direcionar a estratégia empresarial. "Viveremos o resto da vida no futuro e o passado apenas serve para aprender com ele". A terceira dica é: "Reserve e direcione recursos (humanos, técnicos e financeiros) para mapear os cenários e as tendências que podem influenciar e impactar o seu negócio".


Dicas para gestores

#4. Entender Melhor o Time

De acordo com o resumo, só o fato do confinamento por meses gera uma carga emocional pesada. Somados a isso os medos do futuro próximo (economia, emprego, segurança, saúde etc), poucos estão preparados ou tem equilíbrio emocional para uma carga de pressão e insegurança tão forte. Portanto, a quarta dica é: "Tenha uma postura de acolhimento e empatia com o seu time na retomada".

#5. Rever os Papéis das Pessoas no Time

O confinamento tornou o home office, até então usado por poucas empresas, se tornasse uma regra e todos tiveram que aprender como se relacionar com pares, equipes, chefes, clientes e fornecedores por meio da tecnologia. Para os especialistas, esta nova forma de trabalho fez com que muitos mostrassem competências ou deficiências que antes não estavam à vista. Dessa forma, a dica número cinco é: "Faça um novo censo e atualize o mapa de competências do seu time".

#6. Rever a Forma de Trabalho

Muitos paradigmas em torno do home office caíram ao longo do confinamento. Muitas pessoas afirmam que estão sendo muito produtivas de casa, fazendo conta de quanto tempo perdiam em deslocamentos, quanto a empresa gastava com viagens desnecessárias, entre outros. A sexta dica dos especialistas é: "Discuta e redefina com o time novos modelos e formatos de trabalho".


Dicas para profissionais

#7. Prudência e Exposição

Para os autores, só daqui a alguns meses (ou anos) haverá mais informações, menos carga emocional e melhores condições de formar juízos definitivos. Dessa forma, qualquer opinião, postagem ou comentário sobre quem está certo ou quem está errado pode afetar a carreira. A sétima dica é: "Tenha prudência ao fazer juízos de valor neste momento e não se exponha à toa. O silêncio em alguns momentos, é o melhor caminho".

#8. Parte da Solução, não do Problema

A crise causada pela COVID-19 pegou a todos de surpresa. Ninguém estava preparado para ela e as soluções não estão em uma prateleira ou mente. Portanto, em um momento como este, segundo os autores, é hora de deixar o que se chama de "MIMIMI" e se apresentar para ajudar a empresa onde trabalha a sair viva da crise. A dica de número oito é: "Busque a apresente ideias, de forma proativa, para solucionar problemas, não o contrário".

#9. O Legado da Pandemia para Você

No documento, Luis Rasquilha e Marcelo Veras afirmam que, independente do profissional sair da crise empregado ou não, pode ser que em breve ele seja entrevistado para uma nova oportunidade de trabalho. E que, certamente, uma das perguntas que mais será feita em entrevistas de emprego pós-pandemia será: O que você fez durante o confinamento para ampliar a sua fronteira de conhecimento? A penúltima dica trata-se de: "Aproveite o confinamento e amplie a sua fronteira de conhecimento. Anote o que fez e prepare-se para contar em futuras entrevistas".

#10. Postura Lifelong Learning

O conceito Lifelong Learning (educação ao longo da vida) não é novo. O ritmo de mudanças faz com que verdades virem pó do dia para noite. E, segundo o documento, isso acontece também com o conhecimento, que hoje praticamente tem prazo de validade (e curto). O WEF no seu relatório Future of Jobs em 2018 já antevia que seria necessário estudar mais - 101 dias por ano adicionados à aprendizagem. A última dica trata-se, então de: "Adote o código 101 como mantra pessoal e empresarial, através de uma postura de lifelong learning".

O resumo pode ser conferido, na íntegra, no site www.inovaconsulting.com.br.

Chat