VITÓRIA DA CONQUISTA/BA

Música, Neurociência e Aprendizagem | A importância do lúdico no desenvolvimento infantil - por Junior Cadima

Neurociência

10 Fevereiro, 2019

E no texto desse mês irei falar sobre o lúdico e a sua importância no desenvolvimento da criança. No próximo mês daremos continuidade sobre a música e psicomotricidade. Boa leitura!

A infância é uma fase extremamente especial e é nesse momento que se constrói todo o "alicerce" para que a criança tenha um bom desenvolvimento global. "É como a base que sustenta a construção de uma casa (Miranda et al., 2015)."

O lúdico faz parte do desenvolvimento de diversos aspectos da criança e por meio dele ela pode conhecer, compreender e construir os seus conhecimentos. Devemos assumir o lúdico como uma ferramenta facilitadora para o processo de ensino e aprendizagem. O ato de brincar é uma necessidade básica da criança e representa um papel importante para o desenvolvimento psicossocial dela. 

Brincando se constrói conhecimentos!

Para Piaget (1976), o lúdico desempenha um papel importante no processo de ensino-aprendizagem e também no desenvolvimento cognitivo do ser humano. Independente da inteligência, a brincadeira faz parte do universo infantil. 

Para Vygotsky (1994), é possível observar que a ludicidade é importante para o desenvolvimento cognitivo e social da criança. Para o autor, no ato da brincadeira a criança se desenvolve e socializa.

Para Wallon (2007), a ludicidade é um momento de extrema importância para a criança, porque envolve atividades que são realizadas com prazer e espontaneidade, e isso faz parte da essência do comportamento infantil. 

Outros aspectos também são estimulados quando a criança brinca ou joga, como: afetividade, habilidades emocionais, movimento e cada um desses aspectos desempenha um papel importante na formação do eu. 

Vale ressaltar, que para muitos adultos o trabalho realizado por meio da ludicidade é apenas um momento de diversão da criança e que isso não apresenta muita, ou em alguns casos, nenhuma importância, mas para Wallon (2007), é um equívoco muito grande pensar dessa maneira, pois o lúdico representa grande importância no desenvolvimento da criança.


Sendo assim, podemos destacar o lúdico e o brincar como um importante e influenciável recurso no caminho do desenvolvimento infantil e no processo de aprendizagem da criança.

 

E aí, o quanto você tem brincado com o seu filho?