Foco e Produtividade | Essencialismo - Quando menos é muito mais - por Rubens Pimentel

Foco e Produtividade

05 Março, 2018

Mundo plural. Com opções infinitas.

No primeiro post de 2018 sobre Foco & Produtividade quero construir, junto com você leitor, algumas reflexões sobre como estamos nos relacionando com a necessidade de "mais tudo".

E há uma questão central sobre se devemos saber muitas coisas ou saber muito de alguma coisa. A resposta não é simples e certamente não está fora de você, não acredite na necessidade imposta por quem não vive sua realidade e não conhece seus objetivos, desejos e sonhos.

É aí que entra o conceito do Essencialismo, no sentido de nos dar foco naquilo que realmente nos é caro e nos traz prazer e sentido de realização.

Este ano quero tratar de técnicas, práticas e hábitos que nos levem para os resultados que realmente façam a diferença e nos levem em direção dos nossos objetivos. E o começo de tudo passa pela definição e priorização dos alvos profissionais e pessoais.

Se ao tentar responder quais são seus verdadeiros objetivos você tiver alguma dificuldade faça o seguinte:

  • Liste, ainda sem critérios de priorização, tudo que você tem como objetivo ou desejo. Faça a lista de seus sonhos. 
  • Estabeleça os prazos, de forma realista.
  • Em uma planilha crie três critérios de priorização - Por exemplo: Necessidade de recursos, retorno sobre o investimento e facilidade de implementação.
  • Estabeleça a estrutura de valores por exemplo - A, B e C, sendo A para a melhor situação e C para a pior.
Para cada objetivo avalie os três critérios e depois faça o ranking.

Todos os projetos, e sonhos com avaliação AAA devem ser priorizados e para estes você deve estabelecer um plano de ação claro. Utilize a metodologia 5W?s e 2H?s para descrever suas ações.

De posse deste material e com apenas os objetivos essenciais selecionados comece a executar as ações.

Para garantir seu compromisso com estes objetivos, divida os com alguém de confiança e autorize a pessoa a te cobrar pela realização. Termos alguém para entregar nossas realizações é uma forma muito eficiente de garantir que vamos executar as ações.

Uma pergunta ainda pode nos surpreender que é como fazer isto em uma empresa onde as demandas são constantes e cortantes, ou seja, as prioridades mudam o tempo todo e interrompem as ações referentes aos objetivos anteriores?

Ser essencialista requer uma capacidade de comunicação e assertividade, consigo e com os outros, para os quais não fomos treinados, nem em casa, nem na escola e muito menos nas empresas.

Este será o assunto e a técnica que abordaremos no próximo post.

Até o mês que vem.