A importância da educação infantil para a vida - por Debora Corigliano

Educação em foco

20 Agosto, 2018

Uma vez li, que "tudo o que aprendemos da educação infantil, usaremos para a vida toda". Achei um certo exagero por parte do autor, na época não tinha o mesmo conhecimento que tenho hoje sobre o desenvolvimento infantil, a aprendizagem e as habilidades cognitivas do indivíduo. Por esse motivo, concordo muito com a frase citada acima, por diversas razões. 

É na educação infantil que os alicerces das competências, habilidades cognitivas, emocionais do adulto são estabelecidas.  Especialmente entre o nascimento até três anos de idade que isso acontece, quando áreas fundamentais do cérebro são desenvolvidas - áreas associadas aos contatos interpessoais, aos padrões de funcionamento, ao caráter, à personalidade, as emoções e à aprendizagem. 

É nesse período que a criança aprende com mais intensidade a aprender, a fazer, a se relacionar e a ser, além de desenvolver importantes valores a partir de suas relações na família, na escola e na comunidade.

Pensando desta forma, se as crianças vivenciarem estas habilidades de forma coerente, adequadamente e no tempo certo, serão adultos com competências significativas e estruturadas para exercer uma profissão, manter um relacionamento, ter flexibilidade cognitiva, ser persistente frente as dificuldades, enfim serem mais seguros e felizes. 

Mas como isso acontece de forma prática?  Simples!  Basta oferecermos para nossas crianças uma educação infantil com qualidade. Não quero que você, caro leitor, entenda "qualidade" com uma escola cuja mensalidade é altíssima, que use somente materiais industrializados, parques e salas com moldes europeus, etc. 

Uma educação infantil com qualidade, prioriza a família, a respeita e a torna parceira nesta empreitada que é a educação de uma criança. 

Uma educação infantil com qualidade, valoriza o universo lúdico: o brincar, o brinquedo, o jogo e a brincadeira como fonte para que as funções cognitivas sejam treinadas. É ali, durante a brincadeira, que a criança aprende, cria hipóteses e constrói suas relações com a aprendizagem. 

Quando falamos em qualidade na educação infantil, falamos de professores especializados, focados na condução de uma aprendizagem significativa e não só cumpridores de um planejamento baseado em um material didático apostilado que engessa suas ações e possibilidades. 

Qualidade também é sinônimo de criatividade!  E é na ed. Infantil que esta habilidade deve e pode ser extremamente treinada. Um mundo criativo, transforma, incentiva, motiva o aluno a aprender mais e constantemente. 

Por tudo isso, devemos valorizar muito a educação infantil. Os pais, a comunidade e a escola como um todo, deve dar o real valor para tudo o que acontece na educação infantil. Os professores merecem melhores salários, as propostas pedagógicas dever ser reavaliadas, a atenção a criança, o brincar e o ócio devem fazer parte, pois agenda lotada não é sinal de infância vivida feliz e assertivamente.  Precisamos deixar as crianças serem crianças no período correto para isso. Vejo escola que optam por fazer tudo de forma precoce, querem alfabetizar na ed. Infantil, querem treinar para o vestibular no ensino fundamental 1 e o resultado disto é um jovem de 17 anos que tem que decidir a carreira, porém não tem maturidade para isso. 

Se começarmos desde a ed. Infantil a investir na conduta adequada para cada faixa etária da vida da criança, teremos adultos mais seguros, conscientes de suas escolhas e muito mais felizes! 

Você quer saber como está sendo a infância de seu filho ou aluno? 

Pergunte a ele: "O que é ser criança?"       Com isso poderá observar se ele está aproveitando a fase mais importante da vida dele. 


Um abraço! 


Debora Corigliano :Psicopedagoga, especialista em Neurociências da Educação.

Escritora, autora do livro " Orientando Pais , Educando Filhos".

Palestrante , professora  e coordenadora  no IBFE -Instituto Brasileiro de Formação de Educadores . Atende em consultório próprio crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem e comportamento . Realiza orientação familiar e assessoria em escolas. 

Possuí um canal no YOUTUBE para orientação aos pais " Orientando pais, educando filhos. 


Chat