Música, Neurociência e Aprendizagem | A Música, o Lúdico e a Psicomotricidade na Educação Infantil - por Junior Cadima

Neurociência

10 Março, 2019

É fundamental que a psicomotricidade tenha o seu espaço ativo na educação infantil e seja trabalhada com seriedade no contexto escolar, oferecendo a base necessária para o bom desenvolvimento global da criança, auxiliando na prevenção e/ou identificação de futuros déficits de aprendizagem.

Muitos estudos mostram quanto o trabalho com a psicomotricidade é importante e deve ser contemplado na educação infantil (Ferreira et al., 2010; Duzzi et al., 2013; Carvalho et al., 2015; Sandroni et al., 2015; Rodrigues et al., 2018).

Da mesma maneira, as atividades musicais e as brincadeiras são ferramentas facilitadoras para o processo de aprendizagem. É fundamental que elas sejam trabalhadas nessa fase do desenvolvimento da criança, pois oferecem diversas possibilidades lúdicas para a construção de novos conhecimentos e auxiliam diretamente na estimulação das habilidades psicomotoras.

Diversos outros estudos apontam para a importância das atividades com música, a influência que elas exercem no desenvolvimento da criança e o quanto elas são importantes na estimulação de habilidades cognitivas, motoras, linguísticas, emocionais e sociais (Olmedo, Recás e Rodríguez, 2008; Hallaam, 2010; Miendlarzewska e Trost, 2014; Holmes e Hallam, 2017; Benítez, Abrahan e Justel, 2018).

Um ponto muito importante nesse processo, e que vale ser ressaltado, é que essas atividades devem ser trabalhadas com objetivos claros e consistentes, buscando no aporte teórico a fundamentação científica necessária para a construção de um trabalho sólido e eficiente.

E você, tem valorizado esses aspectos no desenvolvimento da criança??

Chat