Inovação em Aprendizagem | Tecnologia e educação - o valor real está na experiência do aluno - por Lars Janér

As novas tecnologias não estão apenas transformando a maneira de aprender dos estudantes, estão mudando também o papel dos educadores, criando novas abordagens para o ensino e remodelando a sala de aula.

Ao mesmo tempo, conteúdo e recursos estão livremente disponíveis online, e por isso o valor real das escolas, faculdades e universidades está cada vez mais relacionado à experiência de ensino e aprendizado que oferecem. Educadores se concentram na mentoria e utilizam a tecnologia para agregar valor ao diferencial competitivo das instituições; apoiam a mudança para construir uma cultura centrada no aluno, e assim permitem que ele tenha mais liberdade para atuar como protagonista, investigar, avaliar e comparar as metodologias em que estão inseridos.

Esta transição pode tornar a educação mais envolvente e relevante para todos - desde o ensino básico até a educação continuada - mas é necessário que a tecnologia seja totalmente integrada à pedagogia para garantir essa adesão. Os produtos e serviços devem ser escolhidos não apenas para preencherem um checklist de itens que a instituição possui, mas para realmente apoiar a forma de ensinar e aprender. A tecnologia só será capaz de proporcionar as mudanças desejadas pelos educadores quando tiver estrutura pedagógica sólida e bem definida e a ferramenta seja utilizada, em primeiro lugar, pensando nas necessidades e na experiência do usuário.

O processo de aprendizagem - Cada aluno aprende de forma diferente. Com a grande quantidade de aplicativos e softwares disponíveis, estudantes de uma mesma sala de aula podem seguir diferentes caminhos para adquirir determinados conhecimentos e habilidades. Educadores também podem acomodar estilos de aprendizagem únicos caso a caso, tornando o ensino mais fácil e eficiente. Professores têm hoje em suas mãos todas as possibilidades de incrementar as aulas e torná-las mais atrativas.

Toda essa complexidade torna ainda mais importante um foco constante em simplificar e automatizar o acesso. É importante flexibilizar a forma de interagir e melhorar significativamente a experiência educacional - proporcionando uma aprendizagem conectada que de fato agrega valor. 

As mesmas tecnologias que dão esse poder aos alunos também ajudam a equipe docente. Para os professores o controle está nos dados, sobretudo nas ferramentas que lhes permitem coletar informações sobre o desempenho em tempo real, e sobre as quais algo pode ser feito. Agir em cima de dados ao longo de todo o ano, ao invés de apenas em período de testes e provas, é vital para oferecer uma experiência educacional baseada em flexibilidade e visão.

Por isso as plataformas educacionais mais relevantes serão aquelas que conseguem combinar os dois fatores de maneira a proporcionar uma experiência completa e intuitiva, engajante porém simplificada - uma experiência ótima para usuário para professores e alunos, que coloca todo o poder da tecnologia na mão do usuário, a torna "invísivel" e assim remove as barreiras de utilização. O aluno e o professor como centro da experiência, protagonistas e não coadjuvantes - como sempre foram e como devem continuar sendo.

Chat