Inovação em Aprendizagem | A Visão dos Usuários sobre o Futuro da Tecnologia Educacional - por Lars Janér

Nós que trabalhamos na indústria de tecnologia para educação somos constantemente questionados sobre o futuro do ensino e da aprendizagem, principalmente em um mundo cada vez mais conectado e dominado pelo software. A verdade é que essa é uma pergunta que nós mesmos nos fazemos diariamente, e seria ótimo se houvesse uma resposta clara e simples - uma bola de cristal para enxergar o que ainda está por vir.

É justamente por isso que procuramos promover e participar de encontros com grupos de clientes, para falarmos sobre como a tecnologia pode ajudar a educação e como plataformas de ensino como a nossa podem evoluir para continuarem relevantes. 

Recentemente, um grupo presente em nossa sede nos EUA definiu suas prioridades em uma lista, com o que consideram seus três maiores desafios atuais:


  1. Melhorar a experiência do aluno. A competitividade de mercado e a conectividade global faz com que as instituições estejam cada vez mais preocupadas em atender as expectativas dos estudantes.
  2. Criar comunidades. Espaços sociais para desenvolver conexões, sejam reais ou virtuais, são fundamentais para complementar a experiência de sala de aula;
  3. Facilitar o trabalho dos professores com notas e relatórios. Avaliar os alunos e gerar a papelada decorrente desse processo ainda são atividades muito desconectadas do ensino e muitas vezes um fardo para os professores.


Apesar da proposta do encontro ter sido de "imaginar o futuro da educação", é interessante observar a abordagem desse grupo - justamente porque começa com os desafios - no contexto das pessoas impactadas pela tecnologia, e permite o desenvolvimento de soluções a partir disso. 

Falar de tecnologia e futuro tentando encontrar soluções antes de identificar corretamente os problemas inverte a equação que mais pode ajudar nossa indústria a avançar. É preciso encarar os problemas e desafios de frente, e começar a desenhar juntos o futuro da tecnologia educacional a partir daí.


Chat