Gestão eficaz de Escolas l Bett Brasil Educar: Gestão escolar e bilinguismo

Gestão de escolas

17 Maio, 2017

Bett Brasil Educar: Gestão escolar e bilinguismo

Maio é o mês da maior feira de educação do Brasil, a Bett Brasil Educar. O evento ocorreu entre os dias 10 e 13 de maio de 2017 no Expo São Paulo. São sempre dois eventos: a feira com seus expositores e paralelamente ocorreu um Congresso educacional. Foram inúmeras palestras, debates e workshops envolvendo educadores de todo o Brasil. Um evento muito rico e propício para o aprendizado e realização de novos negócios.

A Bett promove a maior feira de educação mundial desde 1985 em Londres e há três anos assumiu a organização da feira brasileira, a Educar. Trata-se do evento que sinaliza as tendências na educação, mostra os novos caminhos e novos produtos para as organizações educacionais.

Este ano tivemos dois grandes destaques. Dois temas foram recorrentes em boa parte dos stands. Tivemos a presença de muitas escolas de idiomas com o tema central bilinguismo. Encontramos escolas bilíngues com diversas propostas. Isto reflete a tendência das escolas optarem por este tipo de currículo. Certamente trata-se de um dos grandes desafios da educação brasileira, afinal as disciplinas de inglês ou mesmo espanhol sempre foram relegadas a um segundo plano. Parece-me que este movimento já rompeu com esta cultura. É aí que surge o maior desafio de todos: encontrar profissionais especialistas e com proficiência no inglês. Assim teremos o professor de matemática, história e ciências, por exemplo, que consegue dar o curso em inglês. Se há uma área muito promissora é o bilinguismo.

Outro tema que estava bem evidente eram os aplicativos e as plataformas de gestão escolar. Nos últimos tempos a tecnologia tem ocupado espaço na gestão na medida em que o mundo fica cada vez mais complexo e com um número maior de informações. O mercado de plataformas digitais esta em evolução.

As ferramentas apresentadas na feira se comprometem a oferecer o apoio necessário para tomadas de decisões estratégicas nas escolas. Há também algumas ferramentas que facilitam a leitura e interpretação de planilhas e gráficos. Diferentes plataformas foram apresentadas. Destaco aqui a LMS Canvas, Web Class e Sponte

Na feira, notamos também que a tecnologia de sala de aula vem perdendo força. Pouco ou quase nada vimos de lousas digitais e uso de tablets em sala de aula. Isto deve muito as experiências mal sucedidas e também dos equívocos conceituais de inovação aplicados na última década.  Portanto, uma escola moderna, em sintonia com a realidade de mundo será bilíngue e utilizará as mais modernas ferramentas de gestão. 

Chat