Gestão de Carreira e Competências | O Futuro do Trabalho - parte XI - por Marcelo Veras

Minha Carreira

25 Março, 2019

"A década dos melhores problemas está chagando"


E vamos à nona competência apontada como uma das mais valiosas para 2022 - Raciocínio, resolução de problemas e ideação. Creio que ela fala por si só, mas podemos aqui analisar cada palavra da sua descrição com uma lente própria.

Estamos a menos de 300 dias para o início de uma nova década. Esta, que será a terceira deste século, nos apresentará um volume de transformações maior do que o ocorrido nas duas primeiras juntas. Disso não tenho dúvidas. Ao batermos a marca de 8 bilhões de habitantes no planeta, com a expectativa de vida chegando próximo aos 90 anos, a inteligência artificial chegando em praticamente todas as áreas profissionais e a conectividade batendo atingindo 100% da população, a agenda da humanidade vai mudar muito. Teremos muitos problemas, que hoje já nos assolam, que terão que ser atacados, sob pena do mundo entrar em colapso. Fome, desigualdade social, moradia, mobilidade urbana, sustentabilidade ecológica, poluição, entre outros, ocuparão uma boa parcela da agenda.

Tais desafios não são simples. Portanto, todos nós, como profissionais ou em nossas vidas pessoais, teremos que nos debruçar sobre novas questões e novos paradigmas. No mundo do trabalho, esta nova década exigirá profissionais que encarem problemas de frente e não terceirizem a solução dos mesmos.

O termo "raciocínio" nos convida a pensar mais, refletir mais e questionar mais. Para problemas simples, pouco raciocínio. Para problemas complexos, muito. Há até uma corrente na Educação que defende a bandeira de que a escola deve melhorar muito neste quesito. Deixar de focar na retenção de conhecimento, como é hoje, para desenvolver a capacidade de raciocínio.

Já o termo "resolução de problemas" nos remete à ação, à execução e a um processo que leve a uma resposta para as questões que se colocam. Em uma das competências que mais gosto e que já tratei aqui diversas vezes, chamada "comprometimento e execução", há uma habilidade que toca este ponto. Ela diz claramente que um profissional com comprometimento e execução "não vive mapeando problemas. É focado na solução dos mesmos". Pode conversar com recrutadores e profissionais de recursos humanos. Dez em cada dez vão dizer que suas empresas querem profissionais que resolvem problemas, principalmente se forem atuar em cargos de gestão.

Por fim, o termo "ideação" nos leva á grande fonte de solução de problemas - ideias. É no processo criativo e na geração de ideias que grandes problemas são resolvidos. E muitas vezes este processo não é solitário. Aliás, na maioria das vezes não é. Um profissional altamente criativo é aquele que consegue produzir grandes ideias em equipe, com pessoas diferentes e com diferentes visões de mundo e dos problemas.

Portanto, como pode se ver, a próxima década irá, além de nos trazer grandes novidades e grandes desafios, também vai nos convidar a encarar os problemas de frente e usando aquilo que nós, seres humanos, temos de melhor - a nossa capacidade de pensar e produzir em equipe.

E você? Como está se preparando para desenvolver esta competência? Até o próximo!

Chat